quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Redescoberta a orquídea mais rara da Europa


Após 170 anos da descrição da espécie Platanthera azorica endêmica da ilha de São José em Açores, Portugal, botânicos da Universidade dos Açores, voltaram a encontra-la na região denominada Pico da Esperança.
O mais surpreendente foi o fato de que ao aprofundar o estudo com as plantas encontradas, descobriram que, diferente do que havia sido descrito em 1844 com a amostra depositada no herbário de Tubinga (Alemanha), não haviam duas e sim três espécies do gênero Platanthera.
Após esse estudo e considerando que existe a estimativa de apenas 250 indivíduos de Platanthera azorica em seu habitat, os pesquisadores tentam protegê-la e a mesma já é considerada a espécie mais rara encontrada na Europa.
Para conhecer mais sobre o gênero e a pesquisa acesse gratuitamente o site da revista científica PeerJ.

Referências:
T. Firmino. A orquídea mais rara da Europa é dos Açores. Disponível em http://www.publico.pt/ciencia/noticia/a-orquidea-mais-rara-da-europa-e-dos-acores-1615809#/0